Medo da mudança? Veja como superar em 7 passos

Ter medo da mudança é natural, mas deve ser superado

Tudo bem ter medo da mudança… é absolutamente normal. Aliás, ela funciona como uma reação fisiológica do seu corpo! Então, deixe de se aborrecer com isso e entenda o porquê dessa resistência, com base dados científicos. Além disso, aprenda a superar essa situação, conquistando seus objetivos com mais tranquilidade.

Por que temos medo de mudar?

De acordo com um estudo publicado na revista científica Science Direct, nossa mente é programada para gostar do que já está estabelecido. Ou seja, o processamento das mudanças não é o ideal, com sérias resistências. Os pesquisadores provaram esse ponto ao mostrar a mesma pintura a dois grupos de pessoas, em seu estudo.

O primeiro achou que a pintura era mais esteticamente agradável que o segundo. Sabe por que? A informação para o primeiro grupo era de que a pintura foi feita em 1905. Por outro lado, o segundo grupo teve a informação de que era uma obra recente, de 2005. Em outras palavras, o que existe a mais tempo, se torna mais interessante para a mente.

Outro estudo, publicado na revista científica Nature, mostrou que “as estimativas subjetivas de incerteza predizem a dinâmica das respostas subjetivas e fisiológicas ao estresse”. Em outras palavras, a incerteza causada por situações desconhecidas – como a mudança – levam ao aumento do estresse. Mas sabia que dá para amenizar isso?

7 passos para superar o medo da mudança

perder o medo da mudança

Apesar de ser natural, o medo da mudança pode gerar sérios problemas. Desde a resistência a uma nova profissão ou cargo ou até mesmo a estagnação na vida. Por isso, é fundamental que, feita a ponderação sobre os resultados, você tente vencer esse obstáculo. Veja como fazer isso em alguns passos simples.

1. Entenda o que te segura

Pense sobre a situação de mudança que você está tentando evitar. Quais são seus primeiros sentimentos? E quais pensamentos vem acompanhando essas emoções? Anote tudo em um papel e tente entender de onde eles vêm. Será que é de algo que ouvia na infância? Algum trauma, rejeição ou processo de luto? Pense com carinho.

2. Anote suas escolhas e as consequências

No caso de uma mudança em particular, uma boa forma de reduzir o estresse por medo do desconhecido, é torná-lo mais familiar. Então, anote em um caderno quais seriam as suas escolhas (mudando ou não). Em seguida, escreva também quais seriam as consequências de cada uma.

3. Não espere perfeição

O medo da mudança pode estar atrelado também ao perfeccionismo. A mente entra no modo automático, onde já sabe fazer tal coisa facilmente e se recusa a mudar. Isso porque significa maior chance de erro, de falha, insegurança. Essas palavras pesaram? Então pense mais um pouco sobre esse tal perfeccionismo, ok?

4. Escreva o que está sob seu controle – e o que não está

As mudanças podem levar a eventos previstos e outros inesperados. Porém, alguns podem estar sob seu controle, se você se planejar. Analise bem e escreva quais são os que você tem como interferir. Além disso, anote também eventos e situações que estariam fora do seu controle, para poder ter uma maior noção do todo.

5. Se programe para qualquer reviravolta

Sabe quando você escreveu quais seriam as suas escolhas e possíveis consequências? Então, agora é hora de se programar para cada uma delas. Mudando ou não, você terá que fazer escolhas e lidar com os resultados delas, então se programe para isso.

6. Parta para a ação sem medo da mudança

Pronto, tudo anotado, situação medida e estratégia traçada. Então, é hora de partir para a ação. Certamente será a parte mais difícil, mas vai valer a pena. Se precisar, conte com a ajuda de pessoas queridas ou busque motivação na sua realidade diária.

7. Revise, aprenda e planeje

Mudança feita, novo capítulo – de uma vida cheia deles (a mudança é a única certeza, lembra?). É hora de revisar o que você escreveu, ver o que estava certo e remodelar o que não está funcionando. Aliás, o ideal é que você tenha um norte em sua vida, para deixar o processo muito mais fácil.

Veja como trazer mais estabilidade, reduzindo o medo da mudança, com um planejamento de vida bem estruturado, lendo esse artigo que escrevemos com muita atenção, especialmente para você:

Planejamento de vida: primeiros passos

One thought on “Medo da mudança? Veja como superar em 7 passos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *